GCM de São Bernardo dispersa participantes de festa clandestina no Rudge Ramos

Em mais uma ação preventiva realizada pela GCM (Guarda Civil Municipal) de São Bernardo, a Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) interrompeu na madrugada deste domingo, 17 de janeiro, a realização de uma festa clandestina, no bairro Rudge Ramos. Cerca de mil pessoas que estavam no evento, em sua maioria, sem uso de máscara e bloqueando as ruas no entorno, foram dispersadas da região. A ação foi desencadeada durante a Operação Noite Tranquila, iniciativa da administração municipal que visa coibir ocorrências de perturbação ao sossego e aglomeração em todo território do município, principalmente, neste momento da pandemia.

O evento realizado em um bar na avenida Dr. Rudge Ramos, foi interrompido por agentes da corporação, por volta da 1h da manhã, após frequentadores da festa invadirem as ruas no entorno, bloqueado a passagem de veículos e de ônibus municipais. Devido ao grande público presente no local, agentes utilizaram munição química para dispersão dos envolvidos.

Durante o encerramento da festa, agentes de segurança flagraram dentro do estabelecimento grande parte dos frequentadores sem máscara. O distanciamento físico entre clientes também era inexistente no momento da ocorrência, assim como, foi observado o uso coletivo de narguilé por diversos jovens.

 

Ocorrências

 Entre a noite de sexta-feira, 15 de janeiro e a madrugada deste doming, um total de 124 chamados de perturbação de sossego e de aglomeração em estabelecimentos comerciais e vias públicas foram atendidos pela GCM de São Bernardo. Uma dessas ocorrências foi a dispersão de um pancadão realizado na Rua Visconde de Cairu, no Jardim Silvina. No local, uma motocicleta e dois veículos foram apreendidos e levados ao pátio municipal (foto em anexo).

 

 

Rotina

Ação permanente da Prefeitura de São Bernardo, a Operação Noite Tranquila é desenvolvida todos os fins de semana (sexta, sábado e domingo) e feriados com horário definido das 20h às 4h (sexta e sábado) ou 16h às 2h (domingo). O horário pode ser alterado em razão da demanda operacional.

 

Como denunciar

 

Moradores que flagrarem estabelecimentos descumprindo a medida, inclusive as normas impostas devido a quarentena, podem realizar denúncias pelo número telefônico 153 da GCM. Constatado a irregularidade, a guarda municipal fará a imediata lacração e interdição do estabelecimento, bem como a comunicação à Procuradoria Geral do Município para adoção das providências criminais e cíveis cabíveis.

 

Foto: Divulgação PMSBC

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + nove =