São Bernardo exige comprovante de vacinação contra a covid-19 aos servidores

Os servidores públicos municipais da Prefeitura de São Bernardo serão obrigados a comprovar sua vacinação contra a covid-19. Projeto de Lei de autoria do prefeito Orlando Morando foi aprovado na sessão ordinária da Câmara Municipal desta quarta-feira (15 de setembro) por ampla maioria de votos (22 votos favoráveis e 3 contrários).

De acordo com o texto, os funcionários públicos das administrações direta e indireta deverão apresentar seus comprovantes de imunização contra o coronavírus aos seus superiores para que seja realizada abertura de processo digital, no qual serão consolidadas as referidas comprovações. Ao todo, a Prefeitura de São Bernardo possui aproximadamente 13 mil servidores.

“A pandemia não passou e essa é mais uma medida protetiva e de respeito a todos. A vacina tem salvado vidas. É fundamental que as pessoas estejam imunizadas para a promoção de um ambiente de trabalho mais seguro a todos os funcionários e, também, à população que é atendida pelos servidores”, destacou o prefeito Orlando Morando.

A ausência da vacinação poderá caracterizar a falta injustificada do servidor público, bem como a comunicação sobre o caso ao Departamento de Gestão de Pessoas. No caso do funcionário municipal que por circunstâncias médicas não tenha se imunizado, o mesmo deverá apresentar laudos médicos que comprovem a situação aos seus superiores.

A matéria irá para a sanção do prefeito Orlando Morando e será publicada nesta sexta-feira, 17 de setembro, no Diário Oficial do Município. A lei entra em vigor dez dias após a sua publicação.

 

 

Fotos: Gabriel Inamine/PMSBC

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − um =