Volks colocará 1500 funcionários de São Bernardo em layoff em novembro

A Volkswagen do Brasil colocará cerca de 1.500 funcionários da planta de São Bernardo em layoff a partir de novembro por conta da falta de componentes eletrônicos e outras peças. Os trabalhadores que terão o contrato suspenso se somarão aos 450 que já estão afastados. Com a medida, a fábrica do ABC funcionará em apenas um turno.

.O sistema de layoff é uma medida que permite o afastamento do funcionário sem precisar demitir. É uma suspensão temporária do trabalho e usada em períodos de crises. Normalmente não há o pagamento de salário, apenas uma bolsa vinculada a cursos que devem ser feitos pelo trabalhador.

Com a falta de peças, a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) estima que entre 240 e 280 mil veículos deixarão de ser produzidos no Brasil este ano. A estimativa é de que o fornecimento dos componentes eletrônicos seja normalizada apenas no segundo semestre de 2022.

A informação do layoff foi confirmada pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que já comunicou a decisão da empresa para os funcionários.

 

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 2 =