Núcleo de Hemoterapia de São Caetano precisa de doações de sangue com urgência

Por conta da pandemia, devido ao coronavírus, o número de doadores de sangue em São Caetano sofreu queda. A necessidade continua sendo alta, já que pacientes passam por cirurgias e emergências acontecem. Para que o estoque seja mantido em padrões aceitáveis, as pessoas precisam continuar doando sangue e ajudando a salvar vidas. Para garantir atendimento de forma segura, o Núcleo Regional de Hemoterapia de São Caetano promoveu alterações em seu espaço e na forma de atendimento.

Não há restrições para doações de sangue e as mudanças promovidas no espaço garantem total segurança, tranquilizando os doadores. “Na recepção e nos setores de acolhimento, triagem e pré-triagem, foram instaladas barreiras de proteção em acrílico para manter o distanciamento”, explicou a secretária de Saúde, Regina Maura Zetone.

 Além disso, todos os funcionários estão utilizando EPIs (Equipamentos de Proteção Individuais), a higienização do espaço foi reforçada e só é permitida a entrada utilizando máscaras, há disponibilização de álcool em gel, controle de acesso para evitar aglomerações e, por enquanto, acompanhantes não podem mais permanecer no local.

Núcleo Regional de Hemoterapia pede ainda que os munícipes evitem fazer doações de sangue aos sábados, quando a demanda é maior. E, toda campanha de doação de sangue deve ser agendada com antecedência. Conforme nota técnica do Ministério da Saúde serão considerados inaptos para doação, candidatos que foram infectados pela covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus)  por 90 dias após a completa recuperação; candidatos que tiveram contato com pessoas positivas pelo vírus estão inaptos por 30 dias.

Documentação

Para doar sangue, a pessoa deve portar documento oficial de identidade com foto (RG, Carteira Profissional ou Carteira Nacional de Habilitação); ter entre 16 e 69 anos de idade (sendo que a primeira doação deve ter sido feita até os 60 anos); pesar acima de 50 Kg; estar em boas condições de saúde; estar alimentada, porém evitar refeições pesadas (gordurosas).

Quem fez tatuagem há mais de 1 ano ou possui diabetes Tipo II, sem uso de insulina, também pode doar. Homens podem doar a cada dois meses, até no máximo quatro vezes no período de 1 ano. Mulheres podem doar a cada três meses, até no máximo três vezes no período de um ano. O Núcleo Regional de Hemoterapia dr. Aguinaldo Quaresma fica na rua Peri, 361, no Bairro Santa Paula. A coleta é realizada de segunda a sábado, das 8h às 12h. Informações pelo telefone 4227-1083.

Fotos divulgação / PMSCS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 18 =