Leva mais um Doce cresce na pandemia e aumenta linha de sobremesas artesanais

Crise, que nada. Para a publicitária Sharon Frizão  de Santo André, a crise é um trampolim para alavancar os negócios.  A pandemia da covid-19 passou longe e as venda da sua empresa de sobremesas artesanais e gourmets  Leva mais um Doce triplicaram no período.

Há três anos, a crise pela qual o país passava foi o motivo pelo qual Sharon resolveu apostar na produção de doces diferenciados para ter uma segunda profissão na manga e investir quando houvesse necessidade. Mas, o que era uma alternativa cresceu e hoje tem vida própria e cresce a cada dia.

A empresa trabalha com produtos artesanais sem adição de conservantes, corantes, em sua maioria sem glúten, e saborizados com produtos naturais como frutas, geleias frescas, castanhas e produtos frescos. A linha, específica para delivery e sempre em potes, agora é composta pelos lançamentos de petit gateau, bolos e tortas. Os brigadeiros, que deram origem ao negócio são o carro-chefe das vendas.

O começo foi em eventos, com carrinhos com brigadeiro que chegaram a ter 70 sabores. E foi o contato com os consumidores que ajudou na definição da linha de produtos. “A gente precisa ter um feedback para fidelizar o cliente e definir a produção”, ressalta Sharon.

Todos os ingredientes usados na produção das sobremesas são selecionados e até exclusivos. O chocolate, por exemplo, é o chamado de origem, feito especialmente para a Leva mais um Doce em Ilhéus, cidade da Bahia conhecida pela produção de cacau. As frutas são selecionadas diretamente dos produtores de Piedade, interior de São Paulo.

Após definir o cardápio, a empresária buscou uma maneira vender, já que uma loja ainda não estava nos planos (hoje está). A opção foi pelo delivery, por meio dos aplicativos tradicionais, além de telefone e whatsapp.  O que  Sharon não imaginava é que a experiência conseguida no início das vendas fosse ser o grande fator para que as vendas triplicassem durante a pandemia.

“As pessoas nos procuram atrás de um carinho, de uma entrega com algum diferencial para os dias de isolamento. Fizemos entregas para namorados, famílias separadas e sempre com um carinho diferente, um cartão e mensagem de quem mandou”, disse a empresária. Além dos presentes, muitos aniversários foram comemorados com a linha da Leva mais um Doce durante a pandemia.

Aplicativo próprio

Para ter mais autonomia na entrega e manter a qualidade, a empresária passou a ter um aplicativo próprio para o serviço de delivery. Com o recurso, e mais ofertas, a empresa quer criar novas estratégias para o consumidor final e ampliar a área de atuação de entregas, entre outras.

De acordo com Sharon, o processo de trabalho pelas plataformas tradicionais de delivery é limitado. “Nesse caso, a sua empresa é parte de uma vitrine, sujeita às condições preestabelecidas que dificultam o atendimento ao cliente. Além do mais, o raio de atuação é mais restrito, por exemplo, a entrega a até seis quilômetros de distância. Na minha própria vou poder expandir para onde quiser, até São Paulo, se for o caso”, acrescenta.

“Todos os nossos doces e sobremesas são feitos no pote.  A combinação de sucesso só foi possível pelo investimento em um processo até chegarmos na receita certa, embalagem ideal com lacre, dados nutricionais, de segurança alimentar, código de barras, pote biodegradável, lote, data validade, entre outros. Mas, com certeza, o nosso diferencial está na produção e paixão pelo produto”, conclui Sharon.

Conheça a linha da Leva mais um Doce no site: https://www.loja.levamaisumdoce.com.br/

 A loja está no IFood. Os pedidos podem ser feitos também pelo fone: (11) 2325-9149 e Whatsapp: (11) 97574-3898 ou pelo Delivery direto: https://deliverydireto.com.br/levamaisumdoce/levamaisumdoce

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + dezenove =