Cinema e shows têm programação alterada após coronavírus

Apesar da baixa letalidade para adultos e crianças, nas pessoas com mais de 60 e principalmente mais de 80 a covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) é bem perigosa.  E que o estragos na economia e na cultura devem ser ainda  maiores, pois cada paciente fica pelo menos 15 dias afastado para não transmitir, mesmo com poucos ou nenhum sintoma. Evitar aglomerações e locais fechados é uma da recomendações dos médicos, além de lavar bem as mãos e usar álcool-gel.

E, por conta disso, alguns eventos já foram cancelados no mundo e no Brasil não é diferente. Nos Estados Unidos, Europa e Ásia, os parques da Disney já estão fechados. A etapa da Austrália da Fórmula 1 já foi cancelada horas antes do início do primeiro treino e após um membro da equipe da McLaren ser diagnosticado com o vírus. Ainda não há data para uma nova corrida no país e o dinheiro será devolvido a quem comprou ingressos. Algumas empresas aéreas já reduziram os voos para países da Europa e Estados Unidos por conta da queda do número de passageiros. Campeonatos de futebol na Europa também já foram cancelados, assim como as partidas da NBA.

Mundo das artes

As estreias previstas para os cinemas das próximas semanas também foram remarcados. Ontem, a Paramount Brasil, soltou nota para a imprensa comunicando o adiamento da estreia de Um Lugar Silencioso- Part II que entraria no circuito no próximo dia 19 de março.  “Depois de muito avaliar o momento atual, à luz da situação alarmante do desenvolvimento do coronavírus (COVID -19), restringindo às reuniões públicas, a Paramount Pictures irá alterar a data de lançamento de  “Um Lugar Silencioso – Parte II” mundialmente, inclusive no Brasil Acreditamos e apoiamos a experiência do cinema e tentaremos colocar o nosso filme de volta ao mercado o mais rápido possível. A futura data de lançamento de “Um Lugar Silencioso – Parte II” será anunciada assim que tivermos uma percepção melhor do impacto dessa pandemia no mercado de cinema global”, diz a nota.

Outros lançamentos já tiveram a data de estreia alterada: Mulan, Sem Tempo para Morrer (o novo 007), Velozes e Furiosos (foi adiado para 2021) e Pedro Coelho (ficou para agosto).  

Shows

Além dos cinemas, alguns festivais já foram cancelados no mundo, como o Lollapalooza, que foi cancelado no Chile e Argentina e dever ter sua data alterada no Brasil para agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 5 =