ABC espera hoje aval de Doria para reabrir comércio

O governador de São Paulo, João Doria, deve anunciar hoje, durante a coletiva no Palácio dos Bandeirantes, a nova classificação das sete cidades do ABC no Plano São Paulo (que prevê  as fases de retomada econômica no Estado). Pelo menos essa é expectativa dos prefeitos da região.

Para assegurar que a partir do dia 15 de junho consigam dar início a abertura de comércios, serviços e shoppings (com capacidade e horário reduzidos), os prefeitos contam com a ampliação dos leitos de UTI que foi capaz com a entrada de novos respiradores na semana passada e ontem.

Em reunião ontem com o secretario estadual de Desenvolvimento Regional, Marcos Vinholi, se disse otimista em relação às condições do ABC (por conta da disponibilidade de leitos de UTIs) para evoluir para a fase 2 (laranja) do Plano São Paulo.

Casos e óbitos

Mesmo com o possível início da flexibilização econômica, a situação do ABC em relação ao crescimento da doença ainda é preocupante.  O que tem pesado para a pressão dos prefeitos junto ao governo estadual é a questão econômica a e não uma melhora no quadro da pandemia.

Até ontem, o ABC tinha confirmados 12.429 casos de covid-19, com 785 mortes nos sete municípios. São Bernardo lidera os óbitos, com 247 até ontem, com 3.77 casos confirmados. Santo André tem mais casos da doença, com 3.827 com 186 mortes confirmadas.

Segundo o Consórcio Intermunicipal do ABC (entidade que reúne dos 7 municípios da região), a abertura do comércio e, a partir de amanhã, de shoppings, fará com que haja um aumento preocupante da circulação de pessoas entre as cidades da região e a capital. O presidente da entidade e prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, destaca que essa circulação pode acelerar a transmissão do coronavírus no ABC.

Foto: Divulgação Governo do Estado de SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =