Internet ilimitada e barata é aposta para ampliar número de pessoas conectadas

São Paulo, SP 30/6/2021 –

Empresa quer atender os 21% de brasileiros que não contam com qualquer tipo de conexão, segundo dados do IBGE. A proposta é oferecer internet móvel ilimitada a baixo custo para todas as cidades a partir de um chip Vivo.

Com as restrições da pandemia completando 15 meses no Brasil, a internet segue como um recurso essencial para enfrentar o isolamento social, especialmente para manter o contato com a família e amigos à distância, para trabalhar no formato home office e também para estudar em casa. Apesar da importância e da necessidade de se ter esse tipo de acesso, 21% dos brasileiros ainda não contam com o serviço, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2019, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O levantamento aponta que a população está mais conectada, já que 82,7% dos domicílios nacionais possuem acesso à internet, um aumento de 3,6 pontos percentuais em relação a 2018, mas ainda assim um quinto dos brasileiros não conta com qualquer tipo de conexão e os motivos apontados foram falta de interesse (32,9%), serviço de acesso caro (26,2%) e o fato de nenhum morador da casa saber usar a Internet (25,7%).

Atentas a esses cenários, tanto de conexão crescente no Brasil quanto o de brasileiros que ainda não conseguem se conectar em função do custo, as operadoras de internet têm trabalhado para oferecer planos diferenciados e atrativos, especialmente nesse momento em que o país passa por uma crise financeira e pelo menos 13,5 milhões de pessoas estão desempregadas, segundo levantamento realizado também pelo IBGE em setembro do ano passado.

A Lisa Net, que chegou ao mercado há três meses, é uma das empresas que entendeu esse momento no Brasil e decidiu prestar um serviço inédito, que é o fornecimento de internet móvel ilimitada para os usuários a partir do pagamento de uma taxa única anual. “Nosso objetivo é fornecer internet com valores mais baixos para brasileiros que não têm acesso de qualidade e sem limite de dados para celular”, explicou João Pedro Doria, fundador da Lisa Net. Segundo ele, esse incentivo será importante para garantir que muitas crianças possam estudar de maneira remota, além de facilitar o trabalho à distância.

O usuário não será obrigado a assinar um contrato nem estabelecer um prazo de fidelidade ao serviço, uma vez que a assinatura pode ser cancelada a qualquer momento. “A proposta é facilitar esse acesso para toda a população, mas especialmente para os 21% que não tem internet em função da baixa renda e que muitas vezes está endividado. Por isso consumidores negativados com restrições de crédito poderão fazer o plano, que é exclusivo para telefone celular”, acrescentou.

Website: https://lisanet.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 2 =